logo_grupo_interclinicas.png

Atendimento 24 horas

(11) 3421-6352

profissionais.jpg

Casa de Recuperação de Alcoolismo no São Lucas:

 

Instrumentos e procedimentos de coleta de dados

Os procedimentos éticos para pesquisas com seres humanos foram respeitados, assegurando-se o sigilo e a confidencialidade dos dados obtidos com os pacientes, atendendo, assim, à Resolução 016/2000 do Conselho Federal de Psicologia e à Resolução 196 do Conselho Nacional de Saúde.

 

A coleta de dados foi realizada de forma individual e em grupos de, no máximo, quatro participantes, em sala apropriada à testagem psicológica, durante aproximadamente 60 minutos, no próprio CDQUIM. Os sujeitos foram convidados a participar da pesquisa durante o período da internação ou, no caso dos pacientes ambulatoriais, pelo técnico da equipe com o qual este sujeito realizava seu atendimento na instituição. A participação ocorreu de forma voluntária e não acarretou custos e/ou compensação financeira. Os pacientes foram informados quanto aos objetivos e às justificativas do estudo.

 

Os seguintes instrumentos foram empregados durante a coleta de dados:

Inventário de Habilidades Sociais (IHS): instrumento em forma de auto-relato que objetiva investigar o repertório de habilidades sociais usualmente referido em uma amostra de situações pessoais cotidianas (Del Prette & Del Prette, 2001). É composto de 38 itens que descrevem situações sociais em contextos diversos (amigos, lazer, família, trabalho), com diferentes tipos de interlocutores (amigos, familiares, superiores) e enfocando uma variedade de habilidades (falar em público, expressar sentimento, pedir mudança de comportamento).

 

Inventário de Expectativas e Crenças Pessoais acerca do Álcool (IECPA): composto por 61 itens, destina-se a avaliar expectativas pessoais acerca dos efeitos positivos do consumo moderado de bebidas alcoólicas e da tendência a drogas (Gouveia, Ramalheira, Robalo, Borges & Rocha-Almeida, 1996).

A literatura tem demonstrado a importância da avaliação das expectativas pessoais sobre os efeitos do álcool, não só para compreender o uso e a dependência do álcool, como para obter subsídios em termos de estratégias de intervenção de recaídas.