logo_grupo_interclinicas.png

Atendimento 24 horas

(11) 3421-6352

profissionais.jpg
7 verdades que nunca te contaram sobre a dependência química: (Drogas Ilícitas e Álcool)
 
1ª – Ninguém começa a usar drogas porque está triste, sofreu alguma desilusão ou está passando por algo ruim. Normalmente as pessoas tem os primeiros contatos com as drogas para se divertir.
 
2ª – Normalmente os primeiros contatos de uma pessoa com as drogas se da através de seus amigos. Aquela história do traficante que poe a droga na bala não existe.
 
3ª – É fato que existem pessoas que usam drogas e não tem a doença dependência química. Algumas pessoas conseguem usar de vez em quando e não tem problemas com isso, o que não quer dizer que seja certo pois existem diversos riscos, mas muitas pessoas desenvolvem a doença e tem uma tragédia instalada em suas vidas.
 
4ª – A dependência química é uma doença e está catalogada pela Organização Mundial de Saúde. CID 10 - F19 - Transtornos mentais e comportamentais devidos ao uso de múltiplas drogas e ao uso de outras substâncias psicoativas.
 
5ª - A dependência química não tem cura mas isto não quer dizer que o paciente esteja condenado a morrer no uso de drogas.
Vamos usar um exemplo comparativo com o diabetes que também não tem cura.
 
O paciente não está condenado a morrer de diabetes, basta seguir a dieta, tomar os medicamentos e seguir as recomendações médicas com algumas mudanças no estilo de vida. Com dependência química é parecido.
 
6ª – O dependente químico não é um mal caráter, bandido, endemoniado ou qualquer outro adjetivo que as pessoas por falta de conhecimento costumam utilizar.
 
Vamos comparar de novo.
 
Exemplo: Uma pessoa que está com gripe tem sintomas próprios da gripe como coriza, febre, etc. Ninguém diz que um gripado é um mal caráter por conta do nariz escorrendo.
 
A dependência química também tem sintomas e claro, são muitíssimo piores que os sintomas da gripe e fazem com que as pessoas doentes cometam uma série de comportamentos indesejáveis, mas isto faz parte da doença e deve ser tratado.
 
7ª – O dependente químico não é culpado por sua doença mas é totalmente responsável por sua recuperação, claro, muitos a princípio não tem forças para começar o processo de tratamento e precisam de um “empurrão” por parte das pessoas que o amam.
 
Mas é totalmente possível que um dependente químico se recupere e seja reabilitado para seguir sua vida de forma plena. 😉